Finca la Anita Malbec

Vinho Tinto Argentino Finca la Anita Malbec 2017

Safra 2017 - 750 ml
Mendoza - Argentina
93 pontos - James Suckling
Uva(s):
Malbec,
Harmonização:
Carne vermelha, Cordeiro, Carne de caça, Culinária ibérica,
Ocasiões:
Montanha e lareira, Petit comité, Degustar devagar,
Amadurecimento:
12 meses em barricas de carvalho.
Temperatura de serviço:
18 °C
Teor Alcoólico:
14.5 %
Volume:
750 ml
Potencial de guarda:
Acima de 10 anos.
Tipo
Tinto
Corpo
Encorpado
Aromas
e sabores
Baunilha
Geleia de frutas
Especiarias doces
Chocolate
Associados
R$ 210,60
R$ 234,00
4x R$ 58,50 sem juros
Ou R$ 222,30 à vista no boleto
Compre 4 unidades e pague R$ 210,60 por unidade
Compre 6 unidades e pague R$ 201,24 por unidade
Informações sobre este rótulo

Além da beleza da Cordilheira dos Andes ao fundo, do ar bucólico e das pessoas acolhedoras, as vinícolas de Mendoza têm um ar desbravador. A cada ano são feitos novos estudos de terroir, com a intenção de identificar as principais características de cada sub-região e assim se produzir vinhos melhores. Entre essas áreas promissoras está o planalto de Agrelo, que faz parte do departamento de Luján de Cuyo.

 Existe um protagonista importante no desenvolvimento desse território, seu nome é Manuel Mas. Nascido em Mendoza, porém tendo vivido parte de sua vida fora de lá, Manuel regressou a sua terra de origem na década de 1990 com um projeto arrojado em mente. Ele foi pioneiro, pois, enquanto a maioria das produtoras de Agrelo ainda focavam em volume, sua ambição desde o início era a produção exclusiva de vinhos de alta qualidade.

 Através de sua vinícola boutique Finca La Anita, sediada em Alto Agrelo, ao sul de Mendoza, iniciou-se uma revolução regional, que acabou mudando para sempre a vocação desse microterroir. Tecnicamente as condições são bastante interessantes, afinal os solos são argilosos e aluviais, a amplitude térmica é imensa e o índice pluviométrico é muito baixo, sem contar a altitude, que está na casa dos 1.000 metros acima do nível do mar. No entanto, nada disso bastaria se não fosse pelo fator humano, a virada de pensamento que valorizou o talento enológico em detrimento da produção em massa.

 Hoje os vinhos criados pela Finca La Anita são verdadeiras jóias, que nascem de videiras velhas de pé-franco, através de colheita manual. Esse é um belíssimo exemplo dos fatores que compõem o termo terroir em sua essência: a união entre o conhecimento e a natureza. Vida longa aos pioneiros!

by Sommelier Rodrigo Ferraz


Newsletter

Receba nossas novidades e promoções por email