Entre ou cadastre-se

Pietraserena Chianti Colli Senesi D.O.C.G.

Vinho Tinto Italiano Chianti Colli Senesi 2018

Safra 2018 - 750 ml
Toscana - Itália
Uva(s):
Sangiovese,
Harmonização:
Carne suína, Lasanha vegetariana, Massa com molho leve, Risoto à carbonara,
Ocasiões:
Ouvindo música, Noite entre amigos, Almoço em família,
Amadurecimento:
Pouco menos de 1 ano em barricas de carvalho.
Temperatura de serviço:
18 °C
Teor Alcoólico:
13.0 %
Volume:
750 ml
Potencial de guarda:
Até 10 anos.
Tipo
Tinto
Corpo
Equilibrado
Aromas
e sabores
Frutas negras
Geleia de frutas
Flores secas
Especiarias doces
Associados
R$ 142,20
R$ 158,00
4x R$ 39,50 sem juros
Ou R$ 150,10 à vista no boleto
Compre 4 unidades e pague R$ 142,20 por unidade
Compre 6 unidades e pague R$ 135,88 por unidade
Informações sobre este rótulo

Por volta de 500 a.C., os antigos Etruscos já cultivavam vinhas na atual área demarcada de Chianti, localizada na encantadora região da Toscana, Itália. Existe uma história muito rica por trás dessa denominação de origem, inclusive, pouca gente sabe que o próprio termo “Chianti” provém do latim “Clante”, nome de um fórum ancestral que existia naquela terra. Como se trata de uma vitivinicultura regional cujo legado é milenar, os italianos têm profundo conhecimento sobre as minúcias desse importante terroir. Atualmente existe uma subdivisão geográfica bastante detalhada, sendo que Colli Senesi está sem dúvida entre as melhores zonas de Chianti. Por conta disso, gostaria conversar com você a respeito dela.

Dentro de Colli Senesi, existe uma cidade histórica chamada San Gimignano, estabelecida em uma colina, repleta de construções medievais e inteiramente rodeada por muralhas de pedra do século XIII. Para quem já teve a oportunidade de visitar esse paraíso, a impressão é que se fez uma viagem no tempo ao andar pelas ruas da cidade. A cultura do vinho e da gastronomia são muito significativas para a população local, o que acaba sendo literalmente um “prato cheio” para os turistas.

No entorno da deslumbrante San Gimignano estão algumas das mais ilustres produtoras da Toscana. Entre elas está a Tenuta Pietraserena, que pertence à família Arrigoni e já teve o privilégio de ser descrita pelo grandioso cineasta italiano Franco Zeffirelli como “uma das porções mais belas da região”. Seus vinhedos são tão especiais, que até hoje podem ser descobertas por ali conchas marinhas do Plioceno, período da era Cenozoica compreendido entre 2 e 5 milhões de anos atrás.

A charmosa Pietraserena ocupa os dois lados do pequeno morro onde está situada. Em 1966 era uma propriedade de apenas 7 hectares, mas com o passar dos anos foi adquirindo lotes de terra na vizinhança até chegar no tamanho atual, com cerca de 40 hectares, dos quais 30 hectares são áreas destinadas ao cultivo de vinhas e olivais. Nesse local bucólico com altitude de 330 metros acima do nível do mar é criado o Pietraserena Chianti Colli Senesi D.O.C.G., a partir das cepas Sangiovese, Colorino e Canaiolo. Escolhi destacar esse exemplar, pois representa muito bem a história e o terroir de Colli Senesi. Um rótulo ideal para estar presente em uma mesa farta de um almoço de domingo.

Quando abrir a garrafa, dê bastante tempo para a bebida respirar, para que a acidez marcante e os aromas se tornem mais agradáveis. Assim o vinho estará pronto para proporcionar uma viagem através dos sentidos, lhe transportando para uma das mais importantes e bonitas regiões do mundo do vinho.

by Sommelier Rodrigo Ferraz | Direitos Reservados

Newsletter

Receba nossas novidades e promoções por email